Blog

5 Biografias Essenciais Sobre a Monarquia

Saudações Patriotas,

Não é novidade que damos, toda sexta-feira dicas de livros referentes a monarquia. Seja ela a do Brasil ou do mundo. Poucos sabem, mas hoje é o Dia Mundial do Livro e por isso, selecionamos 5 biografias para você se aprofundar mais sobre o assunto. Não poderíamos deixar essa data passar em branco. Para expandir o conhecimento é necessário ler e ter censo crítico. Afinal, nada melhor do que conhecer os reis e rainhas que exercem o papel de chefe de estado das suas respectivas nações. Sem mais, vamos as dicas:

1. D. Pedro – A História Não Contada”

O primeiro imperador do Brasil foi um personagem que entrou nos livros de história, e no imaginário do brasileiro, cercado por uma aura a um só tempo caricatural e enigmática.

Muito se fala do grito às margens do Ipiranga, da sexualidade exacerbada e do jeito impaciente que lhe rendeu a pecha de monarca difícil e de pouco tato político. Mas quase duzentos anos depois de sua morte, pouco ainda se sabe do homem de personalidade complexa que se dispunha a morrer por uma causa; do pai que queria para os filhos a educação que reconhecia falhar em si próprio; do governante que foi protagonista na transição do absolutismo ao liberalismo e ao regime constitucional no Brasil. Foi para preencher as inúmeras lacunas sobre nosso primeiro imperador que este livro foi escrito. Eis, enfim, a história não contada de d. Pedro.

Ao morrer, d. Pedro deixou para as futuras gerações de brasileiros uma difícil tarefa: entender as muitas contradições da sua vida e extrair das suas memórias uma imagem fiel de sua personalidade, suas ideias, angústias e ambições. Até hoje, esta tarefa não havia sido bem cumprida. Em meio a um emaranhado de especulações e distorções históricas, restava ainda a interrogação :quem foi o primeiro imperador do Brasil?

Foi para responder a essa pergunta que Paulo Rezzutti recorreu a uma ampla gama de fontes primárias e documentos originais que revelam uma miríade de facetas desconhecidas de d. Pedro, e que lhe deram acesso à história não contada do nosso primeiro monarca – esta que agora você tem em mãos.

Em lugar da caricatura que tomou conta do imaginário nacional, o autor nos apresenta o homem por trás do imperador, com todas as contradições e riqueza de personalidade que o transformam em um dos personagens mais interessantes da nossa história – um homem que, para além das muitas amantes, dos filhos ilegítimos e da fama de turrão, nos deixou como legado uma história de sacrifícios em prol da unidade nacional; um homem repleto de defeitos morais e contradições políticas, mas que esteve ligado a grandes passagens da história do liberalismo mundial, e que, acima de tudo, viveu uma vida intensa e repleta de humanidade.

2 – A Vida De D. Pedro II, O Rei Filósofo”, de Pedro Calmon.


O livro é difícil de ser encontrado, mas no site da Estante Virtual (link), você consegue adquirir algum usado.

“Obra de caráter eminentemente narrativo, esta biografia do segundo imperador brasileiro remete, conforme o próprio título induz, a um d. Pedro II intelectualizado, ligado à cultura e ao saber, imagem que, de certo modo, foi consagrada pela historiografia.

Lançado em 1939, uma vez que a primeira edição (1938) esgotara-se em poucos meses, o livro ganharia ainda, em 1975, uma edição comemorativa do sesquicentenário do nascimento do monarca, por iniciativa da Biblioteca do Exército.”

 

3- A Real Elizabeth 

Elizabeth II comemorou, em fevereiro de 2012, seu jubileu de diamante — 60 anos como rainha da Grã-Bretanha. É justamente neste momento que o jornalista Andrew Marr volta sua pena sagaz à monarquia e à monarca, revelando o papel central que ela ocupa como chefe de estado de 19 países, normalmente desconhecido do grande público.

Com organização temática (em vez de cronológica), Marr disseca as relações políticas de Elizabeth II, especialmente aquelas com seus primeiros-ministros; examina suas responsabilidades e o seu profundo comprometimento como chefe da Commonwealth. Sobretudo, lança seu olhar ao que exatamente ela faz — desde suas aparições públicas e inaugurações até reuniões com chefes de estados e outros dignitários visitantes — e no porquê ela passa três horas por dia examinando documentos enviados de Downing Street.

Marr analisa ainda as dramáticas mudanças na mídia desde a ascensão ao trono, em 1952, e como a monarquia — e a monarca — viram-se obrigados a mudar e a se adaptar. Ele argumenta que, sob os vigilantes olhos da rainha, a monarquia britânica experimentou uma modernização intensa e sem precedentes para enfrentar as demandas da era moderna, desde o final da Segunda Guerra Mundial. Apoiado por pesquisa meticulosa e habilidade narrativa ímpar, Marr apresenta um retrato fiel e sem precedentes de Elizabeth II e também do seu reinado ao longo de seis décadas.

Compre agora

 

4-  Leopoldina –  Uma Vida Pela Indendência

Leopoldina, Uma Vida Pela Independência”, da autora Roselis Von Sass, é um livro de bolso com texto extraído do livro “Revelações Inéditas da História do Brasil”.

“Pouco se menciona, nos registros históricos, sobre a brilhante e decisiva atuação da primeira imperatriz brasileira na nossa política.

Dona Leopoldina chegou ao Brasil em 1817. Em 1822, quando Dom Pedro viajava para apaziguar conflitos separatistas em São Paulo, foi nomeada chefe do Conselho de Estado e Princesa Regente Interina, com todos os poderes legais para governar.

O grande poder de decisão e a perseverança de Leopoldina influenciaram na formação de novos caminhos para o país, culminando com o famoso grito da Independência que lhe deu a emancipação política.

A vida difícil ao lado de Dom Pedro nunca se constituiu em empecilho para suas importantes realizações. Leopoldina seguiu sempre em frente, guiada por grandes objetivos e por seu amor ao Brasil.”

Onde Comprar

5-  José Bonifácio

Ele que merece não apenas um, dois ou três livros… Mas um verdadeiro longa-metragem sobre sua vida!

“Entre a destacada produção acadêmica da historiadora e professora Miriam Dolhnikoff contam-se diversos livros, capítulos e artigos dedicados aos primeiros anos da Independência. Em suas pesquisas sobre aquele período capital da formação do país, Dolhnikoff tem privilegiado os mecanismos de organização institucional do Estado brasileiro. Neste volume, a autora retrata um dos personagens mais importantes dos acontecimentos que levaram à emancipação política do Brasil, bem como de seus primeiros momentos como nação independente: José Bonifácio de Andrada e Silva (1763-1838).

Político, cientista, poeta e advogado paulista, Bonifácio foi o todo-poderoso ministro de d. Pedro I até 1823, além de, após a Abdicação, tutor do futuro d. Pedro II. Foi o principal idealizador de nossas primeiras instituições políticas, incluindo grande parte da Constituição imperial de 1824. Um dos responsáveis pela manutenção da unidade do Império recém-nascido e por seu reconhecimento internacional, também foi um cientista de renome na Europa e um intelectual refinado, influenciado pelas ideias renovadoras dos philosophes franceses.

Herói da pátria, Bonifácio possui, entretanto, uma biografia repleta de passagens ainda pouco conhecidas. Neste livro rigoroso e abrangente, que já desponta como referência sobre a trajetória do biografado, as facetas de cientista, poeta e revolucionário – Bonifácio combateu as tropas napoleônicas durante sua estada em Portugal – ajudam a esclarecer a atuação política do ‘patriarca da Independência’ ao longo dos anos decisivos da fundação do Brasil.”

Onde comprar

Espero que tenham gostado das dicas de hoje. Acompanhem sempre nosso álbum dedicado no Facebook, nele, até a presente data  (23/04/18) demos 50 dicas de livros referentes a história da monarquia.

comente

Clique para comentar